Menu fechado

FIQUE ATENTO AO PRAZO: ENTENDA COMO FUNCIONA OS SALÁRIOS ANTES DE JUNHO

As contribuições do salários antes de junho de 1994 não são consideradas pelo INSS, devido a vinda do Plano Real.

Portanto esse período é ignorado da hora que fazer o cálculo do benefício da Previdência Social. Sendo assim, se segurado ganhava muito bem ou muito mal antes de 1994, “não fará diferença para calcular a aposentadoria”.

Mas não é bem assim. Há uma opção. A única é solicitar um serviço de confiança, com profissional especializado em previdência e, a partir uma análise, requerer judicialmente a REVISÃO DA VIDA TODA.

Aproveite com o especialista, esse será o único momento de discutir a possibilidade de incluir os salários antes de 1994 no cálculo do benefício previdenciário e, assim, aumentar o valor,  podendo aumentar em até 60%, ou até mesmo receber o teto do benefício do INSS, o valor de R$ 6.101.

Estamos no momento certo. Não perca tempo, quanto mais o passa menor a chance de aumentar o seu ganho!

Existem várias decisões que concederam esta revisão. Saiba mais sobre as revisões que mais são utilizadas pelos especialistas em previdenciário na hora de recorrer à um benefício mais justo. Consulte os nossos profissionais de forma on-line e sem sair de casa.

NOVA DECISÃO DO STJ INCLUI CÁLCULO QUE PODE SUBIR APOSENTADORIA

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) teve uma recente decisão que pode aumentar o valor da aposentadoria de trabalhadores que já estão aposentados ou estão prestes a pedir o benefício. Foi determinado que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) inclua todas as contribuições que o trabalhador fez à Previdência no cálculo da aposentadoria.

Até então, somente entravam nesse cálculo, valores em reais pagos a partir de 1994, quando entrou em vigor o Plano Real. Os salários em outras moedas ficavam de fora, gerando prejuízos.

Essa decisão, conhecida como “REVISÃO DA VIDA TODA”, beneficia profissionais que estão no mercado de trabalho antes de julho de 1994 – aposentados ou não – que podem exigir a inclusão dessas contribuições na contagem.

IMPORTANTE – ATENÇÃO AO PRAZO

O prazo para pedir a revisão é de até 10 anos, ou seja, se o segurado se aposentou em 2010, o período de requerer se expira este ano.

Essa “ação de exceção”, precisa ser muito bem avaliada pelo profissional, ela beneficia quem tinha bons salários antes de 1994 e que, consequentemente, fazia contribuições maiores ao INSS e que, se computadas no cálculo para aposentadoria, farão a diferença no valor benefício.

Procure  um especialista para fazer os cálculos – que são complexos e envolvem a conversão das moedas utilizadas no país anteriormente ao Real – de todas as suas contribuições para constar se a ação trará melhora no seu benefícios. Se você é um profissional que ganhava mais do que recebe atualmente, essa ação vai valer a pena.M

Consulte os nossos especialistas! Experimente essa nova realidade, use seu smartphone, contrate o nosso serviço pelo celular, tudo on line, sem precisar sair de casa, peça a revisão do seu benefício. Não perca tempo!

Publicado em:Últimas Notícias