Menu fechado

INSS DECIDE MANTER AGÊNCIAS FECHADAS ATÉ 19 DE JUNHO

Segundo portaria publicada na última nesta sexta-feira (22) no “Diário Oficial da União”, os postos de atendimento aos segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) permanecerão fechados ao público até 19 de junho.

A medida, segundo a publicação, visa a proteção da população durante o período de enfrentamento da emergência em saúde pública decorrente da pandemia do novo coronavírus.

E COMO FICA A REVISÃO DO BENEFICIO?

Quase todos os serviços do INSS já podem ser solicitados e acompanhados a distância pelo segurado, por meio do site ou do aplicativo de celular Meu INSS.

Os servidores continuarão a trabalhar em regime de teletrabalho, a distância, e continuarão com as metas de desempenho e garantindo ao segurado maior agilidade na análise dos requerimentos, como os pedidos de concessão ou revisão de benefícios. Importante frisar que os exames dos documentos estão sendo feitos de forma bastante ágil e são bem fundamentados.

PEÇA A REVISÃO AO INSS ANTES DE A APOSENTADORIA COMPLETAR 10 ANOS

Os aposentados e pensionistas do INSS que pretendem pedir uma revisão administrativa ou na Justiça devem formalizar a solicitação em no máximo dez anos da concessão do benefício. O prazo de dez anos começa a contar a partir do primeiro dia do mês seguinte ao do recebimento do primeiro benefício.

Por isso, não perca tempo! Contrate um especialista em previdência.

Portanto quem começou a receber a aposentadoria em maio de 2010, por exemplo, deve formalizar o pedido de revisão até no máximo junho de 2020. Não deixe o pedido para a última hora!

REVISÃO DA VIDA TODA

Essa revisão para incluir períodos trabalhados ou corrigir valores de salários. Se o INSS errou no cálculo porque não considerou algum período, é possível corrigir esse erro e reduzir o redutor aplicado na aposentadoria.

Um exemplo é o desconto do fator previdenciário, que fica menor para quem comprova mais tempo de contribuição.

O segurado também pode pedir para o INSS reconhecer o trabalho feito antes dos 16 anos, independentemente do ano em que a atividade ocorreu.

E quem trabalha em atividade insalubre tem direito ao tempo especial. Para atividades insalubres exercidas até 12 de novembro de 2019, véspera de início da reforma da Previdência, há direito à conversão do tempo especial em comum.

PROFISSIONAL ESPECIALIZADO

Não deixe receber orientação de um profissional especializado, isso trará garantia no procedimento, agilidade no processo e segurança no caminho da conquista de um melhor benefício, além da possibilidade de receber o acumulativo dos últimos 5 anos.

Apesar de tratar-se de um direito do segurado, o processo de requerimento não costuma ser simples e a complexidade documental e burocrática acaba, por vezes, conduzindo a pedidos indevidamente negados pelos órgãos previdenciários, o que revela a importância de se contar com profissional especializado.

Publicado em:Últimas Notícias