Menu fechado

Não perca tempo, faça revisão da vida toda!

Enquanto o julgamento do STF (Supremo Tribunal Federal) para definir a constitucionalidade da revisão da vida toda não acontece, os aposentados podem entrar com ação nos tribunais de todo o país para não perder o prazo e garantir atrasados no INSS.

Quem solicitar a revisão da vida toda antes da decisão, sendo o STF favorável aos aposentados, receberá o valor calculado com juros e correção do período de até cinco anos anteriores ao pedido.

COMO PEDIR REVISÃO DA VIDA TODA?

A solicitação da revisão do benefício deve ser feita nos primeiros dez anos da aposentadoria, contados a partir do primeiro pagamento do benefício. Para ajudar e ter sucesso é sempre bom ter uma boa assessoria previdenciária, pois é preciso estar bem fundamentada para valer a pena.

A análise deve começar pelo extrato previdenciário, o CNIS. Em caso de inconsistências no extrato, a contribuição do segurado será considerada como tendo sido realizada sobre o valor de um salário mínimo, o que reduz o ganho no final da ação.

É preciso conferir se todos os períodos estão com salário de contribuição. Se tiver períodos sem o valor informado, o aposentado deve pedir, na ação, que o cálculo considere a documentação original (carteira profissional, contratos e holerites), ao invés do que consta no CNIS. Fique atento!

QUEM DEVE PEDIR REVISÃO?

Deve pedir REVISÃO DA VIDA TODA o segurado que ganhava salários altos antes de 1994, aquele que ficou muito tempo sem contribuir para o INSS nos últimos 20 anos, ou passou a pagar contribuições menores desde os anos 90

É preciso que o aposentado entenda que há regras e prazos para solicitar a revisão e, antes de tudo, fazer os cálculos corretamente para saber qual será o valor a receber após revisar o benefício e, ainda, saber se realmente vale a pena solicitar a revisão do INSS.

IMPORTANTE

Quem se aposentou após a reforma da Previdência, em vigor desde 13 de novembro de 2019, não pode solicitar esta revisão porque o cálculo mudou.

Para saber se tem chances de aumentar a renda com essa revisão, o aposentado deve fazer os cálculos com atenção, ou perderá tempo e dinheiro. Não deixe de contratar um especialista em previdência!

Publicado em:Últimas Notícias